Projeto Bloco K

Projeto desenvolvido para a maior exportadora de agronegócio brasileiro que opera em toda a cadeia produtiva do campo à mesa do consumidor

O projeto Bloco K teve abrangência em mais de 430 filiais da Bunge no Brasil, englobou todo o processo produtivo de suas unidades, filiais e terceiros e garantiu que o controle de todos os materiais envolvidos nos processos e transações estão funcionando em harmonia e com total controle e confiança.

Objetivos

A AMcom teve como objetivo preparar, adequar e implantar o Bloco K no ambiente de várias empresas da maior exportadora do agronegócio brasileiro.

O Bloco K é a versão digital do livro de registro de controle de produção e estoque, ou seja, é um novo registro da EFD ICMS/IPI. Todas as empresas industriais ou equiparadas à indústria, enquadradas no lucro presumido ou lucro real, precisam entregar o Bloco K.
 

Desafios

Por se tratar de uma exigência fiscal que envolve todo o processo produtivo, um dos desafios mais complexos foi estruturar a mudança de procedimentos, processos, criação de novas operações e criação de controles para gerar as informações de acordo com a exigência da legislação.

A movimentação de estoque e documentários fiscais é suportada por diversos sistemas e tecnologias diferenciadas que exigiram grandes esforços na implantação do projeto. Por se tratar de uma operação de grande magnitude, o projeto de Bloco K exigiu o saneamento de dados em mais 30.000 materiais!
 

Integridade de Dados

As operações e transferências entre as empresas, filiais e terceiros são complexas e executadas diariamente em tempo real. 

Abrangência Nacional

Implantação e treinamento para mais de 430 filiais no Brasil

O projeto Bloco K teve implantação centralizada com disseminação nacional, a organização possui filiais e operações em todos os estados brasileiros em diferentes ramos de atuação, desde produção de alimentos, fabricação e comercialização de combustíveis, centros de distribuição, agribusiness e outros.
 

Exigências

Exigência legal de entrega no SPED Fiscal do bloco K.

Com a inclusão do Livro Registro de Controle da Produção e do Estoque – antigo modelo P3, no SPED Fiscal, o Fisco terá acesso ao processo produtivo e a movimentação completa de cada item de estoque, possibilitando o cruzamento quantitativo dos saldos apurados eletronicamente pelo SPED com os informados pelas indústrias, através de inventário, que já estava sendo enviado anteriormente.
 

Resultados

A AMcom garantiu que o controle de todos os materiais envolvidos nos processos e transações exigidos no Bloco K em todas as empresas, filiais e terceiros da maior exportadora de agronegócio do Brasil estão funcionando em harmonia e com total controle e confiança.
 

Benefícios

Aderente a todas as exigências da legislação, prevenindo qualquer possibilidade de notificação ou multas.

Diferenciais tecnológicos

O projeto envolveu uma grande variedade de sistemas legados além de tecnologias atuais




CONFIRA OS OUTROS PROJETOS