Modernização de Aplicações: acelere seus resultados com transformação digital

Nos últimos anos, a modernização de aplicações tornou-se uma prioridade estratégica para as empresas. Com a rápida evolução da tecnologia, os softwares enfrentam desafios em termos de desempenho, segurança e capacidade de integração com demais sistemas.

Tais desatualizações resultam em custos operacionais mais altos, falta de flexibilidade e dificuldades em atender às crescentes demandas dos usuários e do mercado. Nesse cenário, surge a seguinte dúvida: Como minimizar os impactos desses desafios e preparar o terreno para futuras inovações e transformações digitais?

A resposta está na modernização de aplicações! Saiba tudo sobre esse tipo de solução e como a AMcom irá auxiliar você a implementá-la de maneira assertiva e eficiente. Acompanhe!

O que é modernização de aplicações?

A modernização de aplicações refere-se ao processo de atualizar e aprimorar aplicativos e sistemas existentes para torná-los mais eficientes, escaláveis, seguros e adequados às demandas do dia a dia. Isso geralmente envolve a adoção de novas tecnologias, a otimização de código, a melhoria da interface do usuário e a integração com sistemas e serviços modernos.

Dessa forma, em vez de começar do zero criando sistemas e aplicações completamente novos, as organizações podem modernizar as aplicações já existentes. O que geralmente é mais prático, mais eficiente e possui melhor custo-benefício.

É importante ressaltar que a modernização de aplicações nem sempre requer a implementação de novas tecnologias. O foco está em tornar os sistemas mais eficientes de acordo com as necessidades da empresa, o que não necessariamente demanda a adoção de recursos tecnológicos mais recentes.

Por que modernizar aplicações?

A modernização de aplicações é uma estratégia para garantir que os sistemas continuem a agregar valor à organização e aos usuários, alinhando-se com as tendências e exigências tecnológicas.

Existem várias razões pelas quais as empresas optam por modernizar suas aplicações:

Baixa relevância

À medida que as tecnologias e as expectativas dos usuários evoluem, os aplicativos precisam acompanhar essas mudanças para permanecerem competitivos e relevantes no mercado.

Ineficiência operacional

A modernização é capaz de melhorar a eficiência operacional, reduzindo o tempo de inatividade, otimizando o desempenho e facilitando a manutenção do aplicativo.

Falta de segurança

Com as constantes ameaças de segurança cibernética, é crucial garantir que os aplicativos e sistemas estejam protegidos. A modernização pode incluir a implementação de práticas e tecnologias de proteção mais avançadas.

Novas demandas

À medida que as necessidades dos usuários mudam, os aplicativos devem ser atualizados para oferecer recursos e funcionalidades que atendam a essas demandas.

Baixa aderência às tecnologias

A modernização permite a integração com novas tecnologias, como computação em nuvem, inteligência artificial, aprendizado de máquina, Internet das Coisas (IoT) e blockchain, para oferecer experiências inovadoras aos usuários.

Alto custos

Embora o processo de modernização possa exigir um investimento inicial, a longo prazo, resultará em redução de custos operacionais, especialmente se ajudar a evitar problemas recorrentes e simplificar processos.

Quando investir na modernização de aplicações?

A seguir, destacamos quatro sinais de que sua empresa precisa passar pelo processo de modernização de aplicações:

1. Déficit de inovação: a baixa capacidade de inovação e transformação digital torna as empresas mais suscetíveis a diversas ameaças do mercado;

2. Time To Market lento: perda de receitas e market share devido a falta de agilidade em lançar novos produtos por terem foco na manutenção de muitos sistemas antigos;

3. Baixa automação de processos: ineficiência em processos devido a baixa capacidade de automação, impactando em custos e performance;

4. Baixa competitividade: pouco data-driven, jornadas pouco amigáveis e sem agilidade para testar novas soluções, colocam empresas sob ameaças de novos entrantes nascidos no digital e players mais ágeis.

Quais são os benefícios da modernização de aplicações?

Os principais benefícios da modernização de aplicações incluem:

  • Contribui na transformação digital.
  • Maximiza a velocidade do Time to Market.
  • Favorece a automação de processos.
  • Otimiza a experiência do usuário.
  • Diminui os gastos com manutenção.

Quais são os pilares da modernização de aplicações?

Os pilares da modernização de aplicações variam conforme as necessidades de cada organização e do contexto em que os aplicativos estão sendo modernizados. No entanto, geralmente, os seguintes pilares são considerados fundamentais no processo de modernização:

Reestruturação da arquitetura

Envolve revisar e atualizar a arquitetura das aplicações para torná-las mais modular, escalável e fácil de manter;

Adoção de tecnologias modernas

Incorporar tecnologias recentes e inovadoras que possam melhorar o desempenho, a segurança e a eficiência das aplicações;

Modernização da interface do usuário

Atualização da interface do usuário (UI) e da experiência do usuário (UX) para atender às expectativas dos usuários, bem como tornar o aplicativo mais intuitivo, responsivo e esteticamente agradável;

Melhoria da segurança

Reforçar a segurança do aplicativo para proteger os dados dos usuários e evitar violações de segurança;

Otimização de desempenho

Identificar e resolver problemas de desempenho que possam afetar a experiência do usuário, como tempos de carregamento lentos, resposta lenta da aplicação e consumo excessivo de recursos;

Automação e DevOps

Incorporar práticas de automação e colaboração entre equipes de desenvolvimento e operações (DevOps) para acelerar o ciclo de vida do desenvolvimento de software. Tal prática também visa melhorar a qualidade do código e facilitar a implantação e operação contínuas do aplicativo.

Como contratar uma solução de modernização de aplicações?

A modernização de aplicações favorece a automação de processos.
A modernização de aplicações é uma tática para assegurar que os sistemas continuem proporcionando benefícios à organização e aos usuários.

O primeiro passo é avaliar as necessidades da sua empresa. Quais são os objetivos de modernização da sua organização? A resposta pode incluir: identificar os desafios específicos enfrentados pelos aplicativos existentes, definir os requisitos de negócios e estabelecer metas claras para o processo de modernização.

Respondida essa pergunta, pesquise e avalie potenciais fornecedores baseado na sua experiência, especialização e reputação no mercado. Isso envolve empresas especializadas em consultoria de TI, desenvolvimento de software, integração de sistemas e provedores de serviços em nuvem.

Ao avaliar as soluções ofertadas por estas instituições, procure por casos de sucesso e referências de clientes para ter uma ideia melhor do histórico de desempenho.

Antes de tomar uma decisão final, considere a realização de uma prova de conceito com os fornecedores selecionados. Essa ação permitirá que você avalie detalhadamente a adequação das soluções propostas às suas necessidades específicas e identifique quaisquer desafios potenciais que possam surgir durante a implementação!

Conheça o jeito AMcom

O serviço de modernização de aplicações da AMcom te ajuda a impulsionar a inovação e a eficiência operacional, acelerando sua transformação digital e time to market. Nosso framework consiste em 4 etapas que impactam seus negócios, operações e usuários:

1. Diagnóstico

Nosso time faz um mergulho no seu ambiente, sob as perspectivas de negócio e tecnologia, com o objetivo de identificar os casos de uso que mais impedem o crescimento do seu negócio. Em suma, estabelecemos drivers de modernização através de:

  • Alinhamento estratégico
  • Avaliação de legado
  • Mapeamento dos casos de uso

2. Jornadas de modernização

Com base nos drivers de modernização, nosso time desenvolve uma visão estruturada e priorizada de construção, considerando a complexidade da demanda. Nosso plano estratégico de modernização inclui a construção de possíveis jornadas de:

  • Dados
  • Produtos
  • Integrações
  • IA
  • Arquitetura
  • Tecnologia
  • Cloud
  • ERP
  • Agilidade
  • Hiper Automação

3. Implementação

Nosso time implementa o seu plano estratégico de modernização, considerando cenários de experimentação (MVP), parcial ou total. Esta etapa tem foco no go live das suas aplicações e em business value assessments, se resumindo em:

  • Kickoff
  • Implementação dos casos de uso
  • Gerenciamento do projeto e reports

4. Evolução e Melhoria Contínua

Na última etapa pensamos em empresas que necessitam manter e evoluir os seus produtos. Após a implementação, nosso time de especialistas em AMS e produto mantém suas aplicações com foco em melhoria contínua, evolução e experiência aos usuários, bem como na inovação e novas implementações.

Nosso ciclo de evolução e melhoria contínua inclui:

  • Monitoramento
  • Sustentação
  • Redução do débito técnico
  • Inovação
  • Adoção de novas features

Venha conhecer nossa solução de modernização de aplicações em mais detalhes, entre em contato com o nosso time de especialistas!

Em resumo

O que é modernização de aplicações?

A modernização de aplicativos refere-se ao processo de atualizar e aprimorar aplicativos existentes para torná-los mais eficientes, escaláveis, seguros e adequados às demandas atuais. Isso geralmente envolve a adoção de novas tecnologias, a otimização de código, a melhoria da interface do usuário e a integração com sistemas e serviços modernos.

Quais são os pilares da modernização de aplicações?

Reestruturação da arquitetura.
Adoção de tecnologias modernas.
Modernização da interface do usuário.
Melhoria da segurança.
Otimização de desempenho.

CANAL DE ÉTICA E CONDUTA

O Código de Ética e Conduta da AMcom expressa a forma de atuação da empresa em todos os seus negócios, orientando o modo pelo qual seus colaboradores e terceiros devem se comportar e agir em relação aos temas nele abordados.

Ele reúne as principais diretrizes éticas, normas internas e o dever de conformidade com leis e normas externas, especialmente aquelas voltadas ao combate à corrupção, suborno e lavagem de dinheiro, ao assédio e a toda e qualquer prática irregular.

Ele dispõe, ainda, de regras relacionadas aos comportamentos desejados na empresa e que devem ser adotadas por todos, e estimula que seja utilizado o Canal de Denúncia imediatamente caso haja qualquer violação ao código.